Credo in Unam, Sanctam, Cathólicam et Apostólicam Ecclésiam

"Na presença dos Anjos ei de cantar-Vos e adorar-Vos no vosso santuário."
(Salmo 137, 1)

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Cristianismo X Ocultismo

Na Bíblia está escrito que a feitiçaria, magia, horósco, tarot, qualquer tipo de conversa com os mortos, qualquer tipo de tentativa de advinhar o futuro, todo tipo de superstições, ou seja, tudo aquilo a que chamamos ocultismo, tudo isso é abominável aos olhos de Deus, inclusive essas manifestações são consideradas uma forma de idolatria, de adorar outros deuses:

“Quando tiveres entrado na terra que o Senhor, teu Deus, te dá, não te porás a imitar as práticas abomináveis da gente daquela terra. Não se ache no meio de ti quem faça passar pelo fogo seu filho ou sua filha, nem quem se dê à adivinhação, à astrologia, aos agouros, ao feiticismo. À magia, ao espiritismo, à adivinhação ou â invocação dos mortos. Porque o Senhor, teu Deus, abomina aqueles que se dão a essas práticas, e é por causa dessas abominações que o Senhor, teu Deus, expulsa diante de ti essas nações. Serás inteiramente do Senhor, teu Deus.
(Deuteronómio 18: 9-13)

Também está escrito que o nosso Deus nos ama com um amor ciumento (Tg 4,5), o que isso quer dizer? É o primeiro mandamento "Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma e com todas as tuas forças" (Dt 6,5) E ainda “Temerás o Senhor, teu Deus, prestar-lhe-ás o teu culto e só jurarás pelo seu nome. Não seguireis outros deuses entre os das nações que vos cercam, porque o Senhor, teu Deus, que mora no meio de ti, é um Deus zeloso; sua cólera se inflamaria contra ti e te apagaria de sobre a terra. (Dt 6,13-15) Por isso um cristão não deve se envolver com o culto a outros deuses. Religiões como o budismo, xintoísmo, hinduísmo e actividades como meditações, yoga, entoar mantras, são inadequadas aos cristãos.

Um cristão também não deve se deixar envolver por seitas que promovem a prosperidade e a felicidade, estas são igualmente enganosas, primeiramente porque Deus não é nenhum banco e depois porque acreditam que pelo próprio poder da mente a pessoa atrai para si coisas boas, ora isso também é ocultismo.

Nossas crianças estão sendo cada vez mais bombardeadas por produtos, desenhos animados e bonecos de fadas, monstros, elfos, bruxos e por vezes até demónios mesmo. A família cristã deve estar muito atenta pois isso é uma forma de influenciar e até de doutrinar nossos filhos para o neopaganismo
(leia mais sobre o assunto em: http://temaspolemicosigreja.blogspot.pt/2010/06/sociedade-anti-crista.html).

Cuidado cristãos, o ocultismo não vem de Deus!

"Quando vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram entre dentes; - não recorrerá um povo ao seu Deus? A favor dos vivos interrogar-se-ão os mortos? À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, não haverá aurora para eles". (Isaías 8.19,20).

3 comentários:

  1. Oi Taiana, peço ajuda para divulgar meu blog. Enfoquei diretamente no combate ao Espiritismo, pois muitos católicos acham que não tem nenhum problema ser católico e espírita ao mesmo tempo.

    www.espiritismonao.blogspot.com.br

    Abraços,

    Marcelo

    ResponderEliminar
  2. AS VÁRIAS FACES E DISFARCES DO ESPIRITISMO, OCULTISMO, MAGIA E AS CONEXÕES COM O SATANISMO
    Consultar advinhos para desvendar o futuro, cartomantes, tarô, horóscopos, tatuar-se de cobras, escorpiões lagartos, etc., portar amuletos e figas para evitar o mal e atrair o bem, recitar "orações fortes", correntes de oração, evocar mortos em frequência a centros espíritas, umbandistas e semelhantes, e em igrejas evangélicas quase todas - anúncios a rodo - adotantes de mesmas práticas espíritas, como expulsão de maus espíritos, afastar malefícios, turbinar a vida financeira, como a conhecida herética teologia da prosperidade etc., são todas práticas condenáveis por Jesus e sua Igreja, pois há sensível participação do demônio.
    Aliás, há católicos mal formados aderindo a essas práticas; passam a ser espíritas que se dizem católicos e não ao contrário.
    A conhecida brincadeira(?) do compasso que disso nada possui é espiritismo real; há vários relatos trágicos de prática decorrente dessa aparente e ingênua diversão, com consequências dramáticas.
    Incluem-se nesse contexto ocultista as superstições nas mais variadas modalidades, como as corriqueiras práticas conhecidas às passagens de ano, passar sob escadas, portar ramos de arruda, idem portar símbolos da Nova Era, etc.
    Há outra seduções como assistir a filmes de aparências inocentes, estilo Harry Potter, Anime Naruto, filmes envolvendo "diainhos" etc., leitura de livros como os "bruxos" que é de aparência inocente e ingênua, mas bem engendradas maquinações de satanás, que vai sutilmente subvertendo a mente, especialmente as crianças e aderindo ingenuamente às práticas até à suversão; o método dele é: apertando o cerco aos poucos, até chegar aonde quer, e mil artimanhas mais.
    Quem diria até deixar-se submeter ao hipnotismo pode ser perigoso, com riscos de dependência de mentes perversas e outros negativos; outro é o "setting" ou espiral de silêncio - a lavagem cerebral - adotado por igrejas, por ex., onde pastores doutrinam em ensurdecedores amplificadores aos berros, com interpelações, exigências e condenações às pessoas - em silêncio absoluto e concentradas neles - a não seguidoras do proposto e exigido, há de se tomar cuidado.
    A Deus pertence o futuro e toda vez que, de alguma forma tentamos desvendá-lo, ou conhecer o oculto, para fazer ou não acontecer algo, somos tentados e consentimos no orgulho e soberba ao assim agirmos: o querermos ser como Deus, de forma implícita no mínimo; dominar o invisível à nossa volta, de forma a mantê-lo sob controle de nossos ideais e interesses.
    Há várias referências bíblicas à condenação dessas atitudes idolátricas, no AT: em Dt 18,10, Jr 28,29 2 e Is 8,9 Rm, etc., e no NT como em Mt 6,24 e Lc 16,13: Ninguém pode servir a dois senhores... E em todos e a Igreja advertindo de não prática desses tipos de ações, consideradas graves desvios na fé cristã.
    É também, sem dúvida, um atestado claro de desconfiança na pessoa e poder de Jesus de nos proteger e salvar plenamente, já que por duvidar ou achar que não nos protege ou atende o suficiente, teremos de recorrer a essas outras "forças ocultas" para suprir tal deficiência, que julgamos existir de alguma forma de sua parte; quem procede assim, está com o inimigo.

    ResponderEliminar
  3. Parabéns pelo Blog e pela elevação moral e espiritual dos seus textos.

    Num tempo, em que vivemos acossados e inundados por uma multiplicidade de gentes que adoptam comportamentos e atitudes reprováveis e desviantes...

    Como se estes fossem naturais e modelos a seguir, num perverso processo de normalização e banalização do erro...

    É agradável, verificar que ainda existem pessoas sâs e cristãs e que defendem a harmonia e a beleza de ser humano, de ser genuinamente bom e agradar a Deus.

    ResponderEliminar

Caro leitor:

Os comentários deste blog serão moderados. Reservo-me o direito de não publicar comentários que fogem ao tema da postagem em questão ou que sejam claramente contra a Igreja Católica. Também reservo-me o direito de não publicar ou de deletar todo e qualquer comentário que considere inconveniente e abusivo. O objetivo deste blog não é promover discussões sobre os temas em questão e sim ajudar na formação católica. Se é contra o que foi exposto, por favor, não perca o seu tempo e guarde a sua opinião para si.

Obrigada pela compreensão.

Muito obrigada pelo comentário.

Taiana de Maria